O biodireito e o COVID-19 no contexto jurídico brasileiro

André Silveira, Zaida Aurora Sperli Geraldes Soler

Resumo


O bem mais precioso do homem é a vida, preservada pela saúde e no Brasil esse é um direito para todos os cidadãos brasileiros, amparado pela legislação, no Artigo 196 da Constituição Federal Brasileira de 1988. No ramo das ciências jurídicas, um sistema de saúde ético e justo com a sua prática, frente a uma política pública estruturada, está fundamen­tado nos princípios e ações da bioética e do biodireito [1]. O Direito vai existir em todas as circunstâncias de mudança na ordem social. Vale lembrar do brocardo jurídico: ubi societas, ibi ius, ou seja, onde está a sociedade, está o direito.


Texto completo:

HTML PDF

Referências


Ribas JLC, Rodrigues ICG, Garcia IF, Dantos VLP. Bioética: análise da compreensão de biodireito por meio de cases. Rev Latinoam Bioet 2018;18(2):185-94. https://doi.org/10.18359/rlbi.3294

Pereira HMK. Biodireito como lugar de desenvolvimento de perspectivas jurídicas para a proteção da vida. Revista de Direito Sanitário 2016;16(3):75-81. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9044.v16i3p75-81

Farinon MJ. Ética, Justiça e Educação sob o enfoque da Alteridade. Cadernos de Pesquisa 2018;48(167):204-24. https://doi.org/10.1590/198053144687.

Brito ES, Ventura CAA. Bioética e Biodireito: Reflexões à luz do princípio fundamental da dignidade da pessoa humana. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics 2013;2(2):10:141-53. https://doi.org/10.17063/bjfs2(2)y2013141

Rivabem FS. Biodireito: uma disciplina autônoma? Rev Bioét 2017;25(2):282-9.

Laishuan W, WangYuan S, Tiantian X, Jianhua F, Xing F, Dezhi M et al. Chinese expert consensus on the perinatal and neonatal management for the prevention and control of the 2019 novel coronavirus infection (First edition). Working Committee on Perinatal and Neonatal Management for the Prevention and Control of the 2019 Novel Coronavirus Infection. Annals of Translation Medicine 2020;8(3). https://doi.org/10.21037/apm.2020.02.02

Garfin DR, Silver RC, Holman EA. The novel coronavirus (COVID-2019) outbreak: Amplification of public health consequences by media exposure. Health Psychol 2020;39(5):355-7. https://doi.org/10.1037/hea0000875

Rafaell RMR, Neto M, Carvalho MMB, David HMSL, Acioli S, Faria MGA, Epidemiologia, políticas públicas e pandemia de Covid-19: o que esperar no Brasil? Rev Enferm UERJ 2020;28:49570.

Brasil. Lei n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União. 11 jan 2002.

Brasil. Lei n. 13.979, de 06 de fevereiro de 2020. De saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019. Diário Oficial da União. 07 fev 2020.

Brasil. Portaria n. 356, de 11 de março de 2020. Dispõe sobre a regulamentação 13.979, de 06 de fevereiro de 2020, que estabelece as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19). Diário Oficial da União. 12 mar 2020.

Brasil. Vade Mecum COVID -19 – Leis e Portarias. Compilação da legislação aplicável à instrumentalização jurídica das ações de combate à pandemia do Covid-19. Diário Oficial da União – DOU. 27 ab 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.33233/eb.v19i3.4250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.