Conhecimento e práticas de pessoas com diabetes mellitus sobre a terapêutica medicamentosa e suas complicações agudas

Lilian Cristiane Gomes, Luciana Castelar Tsuda, Ana Emilia Pace

Resumo


Objetivo: Identificar o conhecimento e as práticas acerca da terapêutica medicamentosa e suas complicações agudas entre as pessoas com diabetes mellitus. Métodos: Estudo seccional, de abordagem quantitativa, com uma amostra de 46 adultos em seguimento ambulatorial em uma unidade de atenção terciária à saúde, no interior paulista. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista face a face, com o uso de instrumento semiestruturado, elaborado a partir de estudos prévios, e simulação do processo de preparo e administração da insulina. Resultados: Houve maior frequência de sexo feminino, casados/amasiados, inativos no mercado de trabalho, procedentes de Ribeirão Preto e/ou região, com escolaridade média de 5,6 anos de estudo, tempo médio de diagnóstico de 16,4 anos e em insulinoterapia. Quanto ao conhecimento e às práticas relativas à terapêutica medicamentosa, observaram-se fragilidades no processo de preparo e administração da insulina e na prevenção de suas complicações agudas, como a hipoglicemia. Conclusão: Os resultados reforçam a necessidade de monitoramento contínuo durante o curso da doença, no que se refere, em particular, à insulinoterapia, de modo a proporcionar um tratamento seguro e eficaz.

Palavras-chave: diabetes mellitus, conhecimento do paciente sobre a medicação, cuidados de enfermagem.


Texto completo:

HTML PDF

Referências


American Diabetes Association. Introduction: Standards of medical care in diabetes mellitus-2019. Diabetes Care 2019;42(Supplement 1):S1-S2. https://doi.org/10.2337/dc19-sint01

Tol A, Alhani F, Shojaeazadeh D, Sharifirad G, Moazam N. An empowering approach to promote the quality of life and self-management among type 2 diabetic patients. Edu Health Promot 2015;4(13):1-8. https://doi.org/10.4103/2277-9531.154022

Aquino JA, Baldoni NR, Flôr CR, Sanches C, Di Lorenzo Oliveira C, Alves GCS et al. Effectiveness of individual strategies for the empowerment of patients with diabetes mellitus: A systematic review with meta-analysis. Primary Care Diabetes 2018;12(2):97-110. https://doi.org/10.1016/j.pcd.2017.10.004

Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2017-2018. São Paulo: Clannad; 2017.

Carlos GB, Francisco LN, Moraes TC, Cerdeira CD, Santos GB. Análise das possíveis interações fármaco-alimento/nutriente em uma instituição asilar no sul de Minas Gerais. Rev Bras Pesq Saúde 2016;18(3):83-90. https://doi.org/10.21722/rbps.v18i3.15747

Faria HTG, Zanetti ML, Santos MA, Teixeira CRS. Conhecimento sobre terapêutica medicamentosa em diabetes: um desafio na atenção à saúde. Acta Paul Enferm 2009;22(5):612-7. https://doi.org/10.1590/s0103-21002009000500003

Zandoná T, Oliveira TB. Perfil dos pacientes diabéticos tipo 2 que utilizam antidiabéticos orais. Braz J Pharm 2012;93(4):476-80.

Moreira RC, Cruz CFR, Valsecchi EASS, Marcon SS. Vivências em família das necessidades de cuidados referentes à insulinoterapia e prevenção do pé diabético. Rev Gaúcha Enferm 2008;29(2):283-91.

Stacciarini TSG, Pace AE, Haas VJ. Técnica de autoaplicação de insulina com seringas descartáveis entre os usuários com diabetes mellitus, acompanhados pela Estratégia Saúde da Família. Rev Latinoam Enferm 2009;17(4):474-80. https://doi.org/10.1590/s0104-11692009000400007

Stacciarini TSG, Haas VJ, Pace AE. Fatores associados à auto-aplicação da insulina nos usuários com diabetes mellitus acompanhados pela Estratégia Saúde da Família. Cad Saúde Pública 2008;24(6):1314-22. https://doi.org/10.1590/s0102-311x2008000600012

Stacciarini TSG, Caetano TSG, Pace AE. Dose de insulina prescrita versus dose de insulina aspirada. Acta Paul Enferm 2011;24(6):789-93. https://doi.org/10.1590/s0103-21002011000600010

Meece J. Dispelling myths and removing barriers about insulin in type 2 diabetes. The Diabetes Educ 2006;32(1):9S-18S. https://doi.org/10.1177/0145721705285638

Ahmed US, Junaidi B, Ali AW, Akhter O, Salahuddin M, Akhter J. Treatment barriers in initiating insulin therapy in a South Asian Muslim community. Diabetic Med 2010;27:169-74. https://doi.org/10.1111/j.1464-5491.2009.02904.x

Amiel SA, Dixon T, Mann R, Jameson K. Hypoglycaemia in type 2 diabetes. Diabetic Med 2008;25:245-54. https://doi.org/10.1111/j.1464-5491.2007.02341.x

Teixeira CRS, Zanetti ML, Ribeiro KP. Reutilização de seringas descartáveis: freqüência e custos para administração de insulina no domicílio. Rev Latinoam Enferm 2001;9(5):47-54. https://doi.org/10.1590/s0104-11692001000500008

Frid A, Hirsch L, Gaspar R, Hicks D, Kreugel G, Liersch J, et al. New injection recommendations for patients with diabetes. Diabetes Metab 2010;36:S3-S18. https://doi.org/10.1016/s1262-3636(10)70002-1

Gomes LC, Coelho ACM, Gomides DS, Foss-Freitas MC, Foss MC, Pace AE. Contribution of family social support to the metabolic control of people with diabetes mellitus: A randomized controlled clinical trial. Appl Nurs Res 2017;36:68-76. https://doi.org/10.1016/j.apnr.2017.05.009

Figueira ALG, Gomes-Villas Boas LC, Coelho ACM, Foss-Freitas MC, Pace AE. Intervenções educativas para o conhecimento da doença, adesão ao tratamento e controle do diabetes mellitus. Rev Latinoam Enferm 2017;25:e2863. https://doi.org/10.1590/1518-8345.1648.2863

Ringborg A, Lindgren P, Yin DD, Martinell M, Stålhammar J. Time to insulin treatment and factors associated with insulin prescription in Swedish patients with type 2 diabetes. Diabetes Metab 2010;36:198-203. https://doi.org/10.1016/j.diabet.2009.11.006

Tavares NUL, Bertoldi AD, Mengue SS, Arrais PSD, Luiza VL, Oliveira MA, et al. Fatores associados à baixa adesão ao tratamento farmacológico de doenças crônicas no Brasil. Rev Saude Publica 2016;50(supl2):10s. https://doi.org/10.1590/s1518-8787.2016050006150

Gallo A, Pimazoni-Netto A, Zach P, Couto S, Zanella MT. Quantitative evaluation of compounded errors during insulin administration: A multicentric Brazilian study. Curr Res Diabetes Obes J 2018; 9(1):555752. https://doi.org/10.19080/crdoj.2018.09.555752

Vianna MS, Silva PAB, Nascimento CV, Soares SM. Self-care competence in the administration of insulin in older people aged 70 or over. Rev Latinoam Enferm 2017;25:e2943. https://doi.org/10.1590/1518-8345.2080.2943

Castro ARV, Grossi, SAA. Reutilização de seringas descartáveis no domicílio de crianças e adolescentes com diabetes mellitus. Rev Esc Enferm USP 2007;41(2):187-95. https://doi.org/10.1590/s0080-62342007000200003

Stacciarini TSG, Pace AE, Iwamoto HH. Distribuição e utilização de seringas para aplicação de insulina na Estratégia Saúde da Família. Rev Eletr Enf 2010;12(1):47-55. https://doi.org/10.5216/ree.v12i1.6387

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (BR). Resolução nº 2.606, de 11 de agosto de 2006. Estabelece a lista de produtos médicos enquadrados como de uso único proibidos de ser reprocessados [online]. [citado 2012 Fev 27]. Disponível em: http://e-legis.anvisa.gov.br/leisref/public/showAct.php?id=23407&word

Cunha GH, Barbosa RVA, Fontenele MSM, Lima MAC, Franco KB, Fechine FV. Resíduos de insulinoterapia produzidos no domicílio de diabéticos acompanhados na Atenção Primária. Rev Bras Enferm 2017;70(3):618-25. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0406

Tapia CEV. Diabetes mellitus e o descarte de seringas e agulhas. Rev Gaúcha Enferm 2009;30(2):228-34.

Zanin STM, Carvalho WO. Diabetes mellitus e o uso domiciliar de seringas de insulina: uma questão social. Arq Ciênc Saúde Unipar 1999;3(3):205-9.

Teixeira CRS, Zanetti ML, Landim CAP, Becker TAC, Santos ECB, Franco RC, et al. Automonitorização da glicemia capilar no domicílio: revisão integrativa da literatura. Rev Eletr Enf 2009;11(4):1006-17. https://doi.org/10.5216/ree.v11i4.33257

Seaquist ER, Anderson J, Childs B, Cryer P, Dagogo-Jack S, Fish L, et al. Hypoglycemia and diabetes: a report of a workgroup of the American Diabetes Association and the endocrine society. J Clin Endocrinol Metab 2013;98(5):1845-59. https://doi.org/10.1210/jc.2012-4127

Veras VS, Teixeira CRS, Santos MA, Torquato MTCG, Rodrigues FFL, Zanetti ML. Perfil glicêmico de pessoas com Diabetes mellitus em um programa de automonitorização da glicemia capilar no domicílio. Texto Contexto Enferm 2014;23(3):609-16. https://doi.org/10.1590/0104-07072014002610012




DOI: http://dx.doi.org/10.33233/eb.v19i4.3100

Apontamentos

  • Não há apontamentos.